Feirão oferece quase 600 vagas de emprego na Agência do Trabalhador, em Cascavel

A Agência do Trabalhador de Cascavel, no oeste do Paraná, está oferecendo 586 oportunidades de emprego. O “Feirão de Vagas” começou nesta terça-feira (25) e seguirá até quinta-feira (27).

Os postos de trabalho são para candidatos com ensino fundamental até superior completo. De acordo com a agência, cerca de 80% das vagas são destinadas para homens, mas há oportunidades na área de alimentação e em frigoríficos para mulheres.

Segundo a agência, há vagas em todas as áreas e muitas não exigem experiência. A direção destacou que é um diferencial quando o candidato tem algum curso profissionalizante.

Para participar da seleção, os interessados devem comparecer na agência das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.

O atendimento também pode ser agendado pela internet, no dia anterior.

Leia mais no G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copa do Brasil: conheça os possíveis adversários do FC Cascavel na primeira fase da competição

Nesta terça-feira (02), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realiza o sorteio dos confrontos da primeira fase da Copa do Brasil 2021
 


Disputando pela primeira vez a Copa do Brasil, depois de garantir a vaga com a terceira melhor campanha geral do Campeonato Paranaense do ano passado, o Futebol Clube Cascavel vive agora a expectativa para conhecer o seu primeiro adversário da competição nacional.

Figurando no pote G, a equipe de Cascavel tem pela frente um dos times do pote C. Entre os possíveis adversários nesta primeira fase estão as equipes do Confiança de Sergipe, os catarinenses Criciúma e Figueirense, além do Luverdense (MT), Operário (PR), Paysandu e Remo do estado do Pará, Sampaio Corrêa (MA), Santa Cruz (PE) e Vila Nova (GO).

A primeira fase acontece em jogo único. A partida deve ser realizada entres os dias 10 e 17 de março. O time do FC Cascavel recebe no Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busatto o adversário sorteado e tem a vantagem do empate.

“A expectativa para o chaveamento da Copa do Brasil é muito grande, até porque ainda não estreamos no Estadual. Caímos em um pote que tem vários times tradicionais no cenário brasileiro, mas independente de quem vier, vamos nos preparar para esse primeiro desafio”, destacou o técnico do FC Cascavel, Tcheco.

Valdinei Silva, presidente do FC Cascavel, falou sobre disputar a competição pela primeira vez. “Estamos ansiosos para acompanhar esse sorteio, até porque é uma novidade para o FC Cascavel. De qualquer forma, nosso time está preparado. Esperamos e temos uma expectativa de passar pelo menos duas fases. Vai ser importante financeiramente e também para dar confiança para o grupo, no decorrer do ano”.

Cascavel avança como 11ª melhor cidade do Brasil para se viver com qualidade de vida

Cascavel avançou quatro posições e se tornou a 11ª melhor cidade do Brasil para se viver com qualidade de vida, aponta o Índice dos Desafios da Gestão Municipal. O IDGM mede os avanços nas áreas de saúde, segurança, saneamento e educação entre as 100 principais cidades do país. A pesquisa foi divulgada nesta terça-feira (9).
Entre as quatro áreas analisadas, Cascavel teve sua melhor posição em saneamento e sustentabilidade: 6ª lugar. A posição nas outras áreas foi: 10ª em Saúde, 35ª em Educação e 57ª em Segurança. Na última década, a cidade subiu 35 posições no ranking, o segundo maior crescimento do país.

Em dez anos, Cascavel melhorou sua posição no ranking nas quatro áreas analisadas e não perdeu posição em nenhuma delas. Os números mostram os avanços na Educação (+11 posições), Saúde (+42 posições), Segurança (+26 posições) e Saneamento e Sustentabilidade (+24 posições).

Cascavel está em terceiro lugar no Paraná, atrás apenas de Curitiba (2º lugar) e Maringá (1º). Curitiba está em 7º lugar no ranking nacional e Maringá em primeiro.

Os números foram compilados pela Macroplan, empresa brasileira de consultoria com sede no Rio de Janeiro e atuação em todo o Brasil.

Para o prefeito Leonaldo Paranhos, os números refletem o DNA de Cascavel, a Capital da Produção. “Nossa cidade amadureceu, temos lideranças maduras que ajudam a conduzir o município. Essa soma de esforços faz com que sejamos destaque no Brasil e até no mundo. O trabalho, o empreendedorismo, o amor pela cidade estão no nosso DNA”, afirma Paranhos.

Segunda em crescimento

Os números mostram que na última década Cascavel foi a segunda cidade que mais cresceu no Brasil. Na saúde, por exemplo, os indicadores mostram a cidade em terceiro lugar no Brasil. Um dos fatores que contribuíram para melhorar a posição no ranking, é a cobertura da atenção básica, que saiu de 50% em 2017 para 80% em 2020.

Outro fator que contribuiu para isso foi a taxa de mortalidade infantil que, em Cascavel, foi igual a 9,8 por mil nascidos vivos em 2019, menor que a média dos 100 maiores municípios do país.  Essa foi a 17ª menor taxa de mortalidade infantil nesse último ano. Entre 2009 e 2019, a taxa de mortalidade caiu 27,9% no município. Essa variação foi a 25ª melhor entre os 100 municípios.